Sites Grátis no Comunidades.net Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
Translate this Page
Enquete
Qual o tema de sua preferência neste site?
Casamento
Separação
Ganhe com a internet
Dicas de jogos
Folheados
Informática básica
Receitas
Produtos
Ver Resultados







Partilhe este Site...



 

BUSQUE NOTÍCIAS AQUI 

 

SEU CONTATO É MUITO IMPORTANTE!

Contribua com nosso site participando das pesquisas, compartilhando nas redes sociais e mandando suas perguntas sobre o assunto de seu interesse através do mural de recados ou faça seu cadastro através da página "contatos" e receba em seu e-mail as informações solicitadas.

 



 



Total de visitas: 17096
Casamento
Casamento

Como se comportar após uma exaustiva preparação para o casamento

Após o padre declarar a frase tão conhecida “Os declaro marido e mulher” e a viagem para a lua-de-mel, é visível o estresse e aquele friozinho na barriga.

Retornando ao lar após a lua-de-mel, percebemos um mundo totalmente novo. Levam dias, e, às vezes até anos para a ficha cair, mesmo porque ao retornarmos ao cotidiano, com trabalho, organização do novo lar com compras, decorações;  mal temos tempo para refletirmos dos últimos meses com as preparações para o tão esperado dia do casamento. Quando toda aquela correria, ansiedade, perspectiva dos preparatórios passam com o ato do casamento, fica um vazio abrindo espaço para o cansaço se transformando na maioria das vezes em depressão.

O que fazer para a vida voltar ao normal?

Nos primeiros meses, tente não se manter muito ocupada e dê mais tempo ao seu marido; saia mais com ele, vá à praia, festas, procure viajar , fazer novas amizades; faça almoço convidando amigos, mantenha-se ativa no relacionamento. Perceberá que logo seu estado de espírito voltará ao normal. O importante é variar bastante se divertindo e aproveitando os primeiros momentos a dois. 

 

Como manter um casamento feliz

Como diz o ditado popular, ”Depois da tempestade sempre vem a bonança”. Pois é, depois de todos os preparativos para o casamento, deve pensar agora na vida à dois.

Morar juntos pode não ser muito fácil quando se dividem o mesmo espaço. Percentualmente falando, no mundo de hoje existem poucos casais que levam uma boa vida conjugal há anos.  O casamento é como uma loteria, se não usarmos os números certos, não ganhamos.

Existem várias fórmulas para se ganhar no casamento. As atitudes, a sinceridade, a compreensão, a amizade entre outras, podem fazer essa união duradoura.

Procure não esconder nada do seu marido, a honestidade é uma virtude como ferramenta para um casamento feliz. Tente estar sempre humorada. Com certeza em certos momentos estamos nervosos, irritados, mas não descarregue estes seus estados em cima dele, tente estar sempre positiva. Jamais tente mudá-lo, aceite a maneira dele ser. Com virtudes ou defeitos, foi como o conheceu e quem escolheu para viver juntos. Lembre-se que cada um de vocês tem amigos não comuns, costumes diferentes, opiniões divergentes, por isso, é extremante importante que lhe dê liberdade quando precisar. É natural o ser humano precisar de um espaço pra ele refletir ou extravasar seu estresse.

Em momento algum, deixe de auxiliá-lo em decisões quando solicitadas. Compartilhe também suas decisões, afinal, qualquer decisão tomada será para o bem comum.


Vivendo juntos

Com a consumação do casamento, o que resta agora é viver bem. Para que isso seja possível, é necessário um bom, ou por que dizer ótimo relacionamento.  Ainda com o extase do camento, tudo é maravilhoso, mas é importante manter essa satisfação durar, se possível, para sempre.

É importante lembrar, que certos problemas começam a surgir com as dificuldades financeiras, que vez por outra rondam um relacionamento.  Em conjunto, tentem planejar o orçamento com muita cautela, sem gastos supérfluos para que não venha a ocasionar  discussões futuras. Outra coisa não menos importante, é procurar dividir tarefas, mas procure não exagerar nas cobranças, o homem normalmente não se prende muito à tarefas caseiras por achar que esses afazeres pertecem a mulher. Existem, infelizmente, muitos homens, ainda machistas. Tenha muito cuidado ao propor essas tarefas para ele e procure enteder caso necessário. Afinal, mais vale uma paz no lar que uma briga.

Procure revezar nas escolhas um do outro. Uma vez aceite frequentar o lugar por ele sugerido, outras vezes faça ele entender que você também tem suas escolhas. Nunca fale mal da família dele, procure, por mais que sejam descriminadas por você, aceitá-las como são sem críticas alguma. Ninguém gosta de ouvir críticas contra sua família.

Discutir é necessário, mas com muito cuidado para não agredir verbalmente o parceiro, pois toda agressão pode voltar com mais força e causar uma certa revolta, fazendo crescer como uma bola de neve, o que não seria bom para o relacionamento. Por isso, nunca resolva problemas de cabeça quente; pense várias vezes antes de pronunciar alguma coisa. Palavras mal ditas, é como um bumerangue, vai e volta; e ficam guardadas para sempre, ao contrário de palavras dóceis que são esquecidas com muita facilidade.

Um casamento pode ser muito feliz, se levado com sabedoria, confiança, cumplicidade e todos atributos que dele depende.

Para um relacionamento duradouro, seja compeensiva, amiga, companheira, mulher, e acima de tudo, fuja constantemente da rotina.

Casamento 

Quem não gosta de falar do casamento quando tudo vai bem? Para alguns casais, a idéia do casamento nasce nos primeiros meses de namoro, para outros, quando falam em noivado, e para outros tem início na simples primeira troca de olhar. Como são gostosas essas fases de namoro, promessas, cumplicidade e planejamento a dois. Apesar de não termos o dom de prever o futuro, acreditamos, nesta fase, num amor eterno cheio de felicidades.

A grande causa de conflitos no casamento, na maioria das vezes é o ciúme doentio. Ciúme doentio é aquele ciúme com uma dose exagerada.  O ciúme é muito importante no relacionamento; é prova de amor, de carinho e de cuidados com a pessoa amada, mas, com uma dose na medida certa, pois ele em exagero é o caminho mais curto para uma separação.

Em toda a minha vida, não conheci nenhum casal repleto de ciúmes doentio, que continuassem casados. Com esse ciúme ou não, se tiver que acontecer uma traição, vai acontecer. Por isso, seja realista aceitando essa possibilidade, e com certeza viverá feliz; e a possibilidade de isso acontecer, é bem maior quando há exagero, pois quando se ultrapassa esse limite, sufoca o parceiro, e aos poucos provoca o enfraquecimento do sentimento amoroso dando lugar a um relacionamento tempestuoso.

Procure tomar muito cuidado com as fofocas, pois elas também são as grandes vilãs de conflitos e até mesmo de uma separação. Infelizmente existem muitas pessoas que cultivam fofocas sem se importarem a mal que causam. Caso seja alvo dessas atitudes, procure saber a verdade. Ficar com uma pulga atrás da orelha, ou, como se diz, de antena ligada, são formas normais de atenção, mas, de forma alguma deve ser levado tão a sério, pois pode estar cometendo injustiça com o parceiro, que, às vezes, nem sabem do que se tratam.

Outra coisa não menos importante, caso aconteça algum tipo de flagra, procurar saber o que significa o episódio presenciado, porém, de uma maneira pacífica e sem acusações, dando a oportunidade do parceiro se defender e esclarecer o acontecido. Na maioria das vezes, o que se vê ou o que se ouve, não é a verdade absoluta. Imagine um casal sendo visto saindo de um motel, o que se conclui? Seria natural entender que estavam mantendo um relacionamento sexual, mas, nem por um instante supõe-se que poderiam estar discutindo sobre assuntos profissionais, como por exemplo, um contador com a dona do motel ou vice-versa, como poderia ser outro caso. Mas como ter certeza? As suposições existem, mas devemos ter a certeza antes de acusar. Inúmeros relacionamentos se desfazem puramente por suposições, dando lugar às conclusões precipitadas, e quando a verdade vem à tona, já é muito tarde. O fato de ver ou ouvir algum episódio, não quer dizer que seja a verdade. Às vezes, por algum motivo, pode-se estar sendo pressionados a agir daquela forma. Alguma vez já parou para pensar nessa possibilidade?

Qualquer coisa que venha a acontecer e que gere conflitos, peça esclarecimentos, discuta pacificamente dando a oportunidade de defesa, não guarde somente para si as suas conclusões por vezes precipitadas, não deixe virar uma bola de neve. Diz um ditado que “depois da tempestade, vem a bonança”, e esse ditado retrata a verdade. Após a discussão pode vir a compreensão e a paz entre o casal.

Para que um casamento dê certo, é imprescindível que haja confiança mútua. Gente, um casamento não é uma prisão. Existe a cumplicidade em tudo que se relaciona ao casal, porém, a maneira de pensar, de agir e atitudes, são independentes. Cada um pensa e toma atitudes, muitas vezes sobre pressão de situações a ser decididas de imediato, quando nem sempre se tem como discutir com o parceiro. E se toda decisão que tomássemos fosse a correta, não existiriam discórdias no casamento ou em qualquer tipo de relacionamento. Quem deseja tomar uma decisão errada? Tomamos uma decisão com a certeza de ser a correta, mas nem sempre acontece da maneira que pretendíamos. Desejamos sempre tomar a decisão certa, mas nem sempre acertamos. Afinal, errar faz parte do ser humano e é com os erros que acertamos.

Jamais devemos ser taxativos a ponto de romper de vez um relacionamento. Num relacionamento, os sentimentos não se extinguem em segundos; apesar de brigas, discórdias ou até mesmo a ponto de uma suposta separação, continuamos, quer queira quer não, gostando, amando. E a prova desse amor, é querer discutir pacificamente, tentando reencontrar a harmonia no lar.  Caso tenha conseguido a confissão do parceiro, por mais grave que seja, tente, à pedido dele, perdoar e dar uma segunda chance para o que foi planejado com muito carinho, com ansiedade na esperança de serem “felizes para sempre”, o casamento. 

Aguarde lançamento do e-book com todas as dicas e conselhos sobre o assunto.


 

 

Acesse aqui e confira as novidades que  Dafiti tem pra você!


 

Presenteie a quem você ama, revenda ou afilie-se gratuitamente obtendo excelentes comissões.

 

Novidades - Ofertas - Brincos - Pingentes - Anéis - Gargantilhas - Pulseiras - Conjuntos - Tornozeleiras - Brincos de argola - Piercings - Zircôneas - Saquinhos - Mostruários - Caixinhas - Broches - Etiquetas - Alianças - Masculino - Esotéricos - Infantil - Letras - Correntaria - Artigos religiosos - Strass - Resinados - Apliques & Cia. 

 

Clique no banner e confira as novidades da Imagem e Folheados

 

 


 

Eletrodomésticos? No Submarino tem.

Clique no banner e confira!